Você sabe a diferença entre Wi-Fi, Bluetooth e NFC?

Compartilhe:

Nós já falamos aqui no blog sobre as diferenças entre os tipos de conexão dos smartphones – GSM, 3G, 4G, LTE e contamos um pouquinho da evolução delas. Clique aqui para relembrar.

Agora, vamos expandir o papo para as redes sem fio.

Você sabe a diferença entre wireless, Wi-Fi, Bluetooth e NFC?

O wireless é nada mais do que uma denominação que se usa para falar de qualquer tecnologia de transmissão que não utilize fio. Isso quer dizer que o Wi-Fi, o Bluetooth ou satélite, por exemplo, são todas tecnologias wireless.

O Bluetooth, Wi-Fi e o NFC usam ondas de radiofrequência para transmitir dados sem fio. Os três são capazes de enviar e receber arquivos. Entretanto, há algumas diferenças entre eles, principalmente em relação à indicação de uso de cada um.

Bluetooth

Aqui surge a primeira diferença: o Bluetooth é usado para troca de dados em curtas distâncias. Geralmente é utilizado para conectar fones de ouvido, caixas de som, mouses ou teclados ao computador. Também é popular nos smartphones para troca de fotos, músicas e arquivos pequenos.

Ele costuma ser mais lento em comparação ao Wi-Fi, mas é bastante utilizado por dispositivos que precisam economizar bateria.

  • Vantagem: consome pouca energia
  • Alcance: aproximadamente 10 metros (sem obstáculos)

Wi-Fi

Anteriormente, existia a LAN, uma rede local que usava cabos. O Wi-Fi chegou para substituí-la e dar fim aos fins. Com essa evolução, a conexão sem fio permitiu que um computador ou celular fosse conectado a uma rede gerenciada por um roteador e trocasse arquivos com outras máquinas locais.

O Wi-Fi se popularizou rapidamente. Ele é eficiente para transmitir quantidades grandes de dados com alta velocidade. Hoje em dia é utilizado o tempo todo: para navegar na web, ver e transmitir vídeos ao vivo, trocar arquivos em redes e até fazer ligação.

Nos planos da Conecta, por exemplo, existe um benefício que se chama Wi-Fi Calling. Ele conecta sua voz à rede da sua operadora usando o Wi-Fi. Essa nova tecnologia complementa a rede convencional de voz. Funciona como uma ligação tradicional, não há necessidade de instalar aplicativos no celular e a pessoa que recebe a ligação vê o seu número, tudo como acontece hoje em ligações comuns.

  • Vantagem: tem mais velocidade e maior alcance
  • Alcance: varia de acordo com o padrão de frequência da rede, localização do roteador e alguns outros fatores, mas geralmente chega numa média de 100 metros

NFC

A sigla vem do inglês “Near Field Communication” – ou comunicação em área próxima, no português. Ela foi desenvolvida numa parceria entre Sony e Phillips, visando a troca de dados entre dispositivos que estejam a poucos centímetros.

O primeiro passo para a transmissão ocorrer é a identificação entre os dispositivos, aí sim seguida pela transmissão, garantindo que o processo seja rápido e seguro e que as informações não sejam acessadas por outros dispositivos.

Hoje em dia ela é usada em transações bancárias (está presente em alguns cartões), para pagamentos com o celular, no bilhete que você usa na catraca do ônibus e do metrô e até para automatizar casas. Entretanto, ele não é compatível com aparelhos da Apple. Os sistemas operacionais iOS utilizam a tecnologia similar iBeacon.

  • Vantagem: maior segurança de transmissão
  • Alcance: aproximadamente 10 centímetros

Futuro

Segundo a Wi-Fi Alliance, uma rede de companhias criada em 1999 que garante a operabilidade da tecnologia no mundo, mais de 70% de todas as formas de tráfego sem fio atravessa dispositivos Wi-Fi como meio de acesso.

Também é comum ouvirmos declarações premonitórias como a do diretor da Companhia Hidroelétrica do São Francisco, que afirmou que no futuro a energia deve ser distribuída por Wi-Fi.

A verdade é que as conexões estão sempre se reinventando e, certamente nos próximos anos vamos acompanhar novas mudanças. Em 2016, um estudo divulgado por Ibrahim Dursun e outros pesquisadores da Universidade Rei Abdullah, na Arábia Saudita, indicou um novo direcionamento: o Wi-Fi a laser que utiliza luz e é 20 vezes mais rápido que o atual. Segundo o estudo, isso seria possível graças a uma nova forma de geração de luz branca, que torna a transferência de dados 20 vezes mais rápida.

Conheça os Planos Pós Pagos da Conecta. Acesse e contrate online 😉

Compartilhe:

Comente