Curiosidades sobre a Alexa, a assistente digital da Amazon

126
0
Compartilhe:

No final do ano passado, durante as festas de Natal, Tom Collins e Manhattan foram as duas receitas de drinques mais solicitadas na Alexa. Isso sem contar as instruções que foram passadas sobre como assar um peru da maneira correta ou fazer cookies decorados.

Essa lista de tarefas também incluía ligar a iluminação de Natal das casas e tocar as músicas temáticas para a espera do bom velhinho. Tudo isso foi divulgado num relatório pela Amazon, a dona da tecnologia que está encantando os estadunidenses.

Conheça a Alexa, a assistente digital da Amazon

A Alexa é a assistente digital da Amazon que realiza todas essas tarefas listadas acima e, ainda, ajuda na hora de realizar os pedidos no site da empresa. Ela é um sistema inteligente que presta assistência doméstica a partir de comandos de voz.

Detalhe do Echo Dot (imagem: Amazon)

A tecnologia funciona via alguns dispositivos como o Echo, um alto-falante em forma cilíndrica, o Echo Dot, de porte menor semelhante a um disco de hóquei, a Amazon Fire TV e o novíssimo Echo Show, um dispositivo que vai ser lançado em 28 de junho e trará interação em imagens de vídeo também.

A ideia da Alexa é inspirada no seriado e filme de ficção científica Star Trek, mais especificamente no computador da nave Entrerprise, que interagia com os demais personagens.

Esse é o Echo (imagem: Amazon)

A proposta da Amazon é que as casas se tornem cada vez mais automatizadas e que tudo possa ser acionado por comando de voz, se expandido também futuramente para ambientes externos. Para isso, nos Estados Unidos já há a tecnologia que possibilita essa integração em geladeiras, robôs, celulares, caixas de som, secadoras, lavadoras, aspiradores de pó, roteador wi-fi e até carros.

imagem: Amazon

Marcas como Whirlpool (lavadoras, secadoras, geladeiras e fornos), Huawei (celular), Mattel (caixa de som), Linksys (roteador), LG (geladeira e robô), Lenovo (alto falante), Volkswagen e Ford (veículos) já têm parcerias e produtos que funcionam com a tecnologia Alexa. Isso significa que você pode desde programar o uso dos utensílios domésticos, como pedir comida, acionar uma playlist no rádio do carro e muito mais – tudo por comando de voz.

Diferenciais da Alexa

A Alexa é concorrente de outros conhecidos como Google Home, Siri da Apple e Cortana da Microsoft. A diferença básica é que ela almeja ir além das assistências triviais como informar previsão do tempo, ler as notícias ou tocar música. O objetivo é realmente automatizar o máximo de funções possíveis via voz.

imagem: Amazon

Mas o motivo pelo qual ela se popularizou além dos demais é bem simples: conta com mais integração do que seus pares. Isso porque a Amazon liberou as inovações a outros desenvolvedores e não censurou suas patentes ou limitou a integração a aparelhos específicos.

Aqui cabem vários exemplos disso: o Alexa tem acesso a serviços de música como TuneIn Radio, Pandora e Spotify, mesmo que ofereçam concorrência ao próprio serviço de música da Amazon. Acontece a mesma coisa com o serviço de delivery de comida que a Amazon oferece nos Estados Unidos. Mesmo enxergando a competitividade, ela liberou que os usuários usassem o Alexa para pedir pizza em restaurantes parceiros, como a rede Domino’s, por exemplo.

Mais recentemente, a Amazon liberou a Alexa em seu aplicativo principal para iOS. Isso significa que, mesmo com a Siri, usuários de iPhone e iPad agora podem também utilizar os comandos de voz da Alexa, o que inclui acompanhar os pedidos no site da Amazon e ouvir música no aplicativo.

O Eco Show é a novidade mais recente entre os dispositivos e vai ser lançado dia 28 de junho (imagem: Amazon)

Cuidados com a Alexa

Junto com toda novidade tecnológica sempre vêm os pontos de atenção. No caso da Alexa, eles estão relacionados à invasão de privacidade, uma vez que a assistente ouve basicamente tudo dentro da residência. E, além disso, todos os diálogos que você trava com ela são armazenados e guardados no dispositivo.

Já houve o relato de um caso de investigação de homicídio no Arkansas, em que a polícia solicitou à Amazon todos os dados gravados numa casa em que o crime aconteceu. Entretanto, a empresa só informou dados básicos sobre a conta do usuário e seu histórico de pedidos na loja.

A má notícia é que infelizmente a Alexa não está disponível no Brasil. Atualmente é comercializada nos idiomas inglês e alemão.

Conheça os Planos Pós Pagos da Conecta. Acesse e contrate online 😉

Compartilhe:

Comente